segunda-feira, 17 de maio de 2010

iPad e o conhecimento.



Se me permitem o disparate Obama está "meio certo" ao criticar Ipad's, Ipod's, Xboxes, Live and Co (para entender).

Muito deste post parafraseia o artigo de hoje de Pedro Doria.

Todos nós ficamos impressionados com a demonstração de livros no iPad; em especial o da Alice (mais impressionante que o filme de Burton). É obvio o potencial desse novo segmento enquanto instrumento de aprendizagem, diversão e difusão. Não tenho dúvidas de que nossos filhos, ou mesmo nós em cursos de Graduação e afins, usaremos tablets como os da Apple como suporte às explicações.

É claro que o 'primeiro presidente digital' sabe disso. Até o Lula deve saber (espero). Não fosse o absurdo potencial dessas ferramentas, dificilmente ele teria a força popular que teve, segundo a conclusão primordial do documentário #ObamaDigital. Mas o fato é que a crítica de Barack tem fundamento e só poderemos comprovar os efeitos da digitalização em massa ao loooongo prazo.

Você que é navegante assíduo dos principais blogs de informações sabe que eles não se bastam como fonte de informação. Isso porque seus textos costumam preencher, assim como outros milhares de blogs, uma colcha de retalhos dos fatos que repercutem na web. Raramente encontramos textos que costuram suas premissas em lógicas conclusivas que servem como base de reflexão e conclusão da mesma ou de uma idéia nova. A maioria dos posts que o fazem, reproduzem conteúdos de mídia impressa e outras mídias já consolidadas (quando não na íntegra, boa parte deles).

Precipitando a perda de terreno (mas não nulidade) desses meios já consolidados, é possível afirmar que cada vez mais os conteúdos serão produzidos exclusivamente para os gadgets que surgem hoje como promessa de plataforma de leitura. E é justamente ai que entra preocupação de Obama e de muita gente: a abundância de informação e a falta de reflexão acompanhada do emaranhado novelo que hoje se tem na web. É possível dizer que muito do conteúdo sólido dos jornais diários se perpetuarão nos tablets, ou a adaptação em textos curtos e diretos é inevitável? Again, ao longo prazo.... looooongo.

Cada vez mais me parece que a leitura torna-se apenas um aplicativo, ou um ícone, dentre as infinitas possibilidades trazidas pelo iPad. Preferiria que seu nome fosse verdadeiramente iReader e que se perpetuasse nele o ritual de se abrir um livro magnífico, e não um passatempo entre as horas vagas.


Rodrigo Vitulli

domingo, 16 de maio de 2010

Como fazer uma projeto colaborativo usando ferramentas da web







Nosso filme não é a atividade principal de nossas carreiras. É mais uma delas, que fazemos com muito gosto. =)

Por conta da limitação tempo-espaço, utilizamos-nos de diversas ferramentas da web 2.0 para facilitar o processo. É importante que as nossas reuniões presenciais sejam muito produtivas.

Sem fucking bullshit. Vou falar um pouco do que usamos para fazer o Obama Digital e do que já está em uso para o #Mobicloud


Muitos já conhecem. É uma sistema para você fazer marcadores de favoritos. A vantagem é que todos ficam disponíveis para você na web, sempre que precisar. Para nós é ótimo quando encontramos uma notícia quente ou mesmo informação relevante para o filme e queremos distribuir. Ao invés de um e-mail, lá fica tudo organizadinho. Também recomendo o Xmarks e o Evernote. Por sinal, com os addons para Chrome e Firefox, fica ainda mais fácil.



A ferramenta mais importante na minha opinião. Facilita para produzir documentos a distância que são constantemente atualizados. Ou invés de ficar dando números para planilhas. Tipo Roteiro 1.0.1_VF_.Docx você usa o mesmo arquivo, sempre disponível a todos. Do rascunho à versão final.


Nossa pasta Online. A FTP onde deixamos toda informação que usamos, pesquisamos e produzimos. Apenas não usamos o DropBox, pois temos nossas Boxes pessoais e não dá certo misturar.

Essas são as principais. Ao longo do tempo, vamos colocar aqui as outras ferramentas que usamos, pois compartilhar o que é de graça e funciona bem é sempre bom.

So Long Folks! Let's Destroy and Build.



Como a Mobilidade Digital tem alterado o comportamento humano?




É com grande satisfação que aviso a vocês o início de um novo projeto. Ele começa em Junho, com previsão para terminar em Fevereiro do Ano que vem. Logo após o carnaval.

Eu, @Julima e @Rovitulli vamos começar um novo filme.

A pergunta que queremos responder é: Como a Mobilidade Digital tem alterado o comportamento humano?

Já parou para pensar como toda a informação que usamos, compartilhamos e distribuimos pelo mundo está absolutamente imaterializada?

Me explico melhor. Você que usa Hotmail, Gmail, MSN, Nimbuzz, Facebook, Flickr, Megaupload entre tantos e tantos outros, sabe onde ficam as informações que são trocadas e produzidas nesses ambientes? Elas estão em servidores remotos, nos gigantes e misteriosos Data Centers. Esse é um conceito básico, de Cloud Computing usada para propósitos B2C (Business to Consumer).

Depois temos nossos Smartphones ( se vc não tem ainda, relaxe pois até 2018 eles serão maioria na América Latina). Com um hardware poderoso e sistema operacional repleto de softwares (Apps) ele funciona como um Hub, uma extensão da sua vida que cabe na palma de suas mãos. Como se fosse um cartão de entrada para os Data Centers da Nuvem que a cada dia armazenam mais e mais informações de nossas vidas.

Já parou para pensar na imaterialidade e portabilidade da informação? Se sim, contribua! Esse é um projeto aberto. Se não parou, acompanhe nosso blog. Pois ao menos 2 novos post por semana vocês devem encontrar por aqui!

Termino com esse vídeo sobre os Data Centers do Google e uma frase para inspirar:

"A glória é tanto mais tardia quanto mais duradoura há de ser, porque todo fruto delicioso amadurece lentamente"Arthur Schopenhauer






As conclusões sobre #ObamaDigital e o novo documentário




Olá a todos!

É com muita felicidade e satisfação que escrevo esse post. São vários motivos, mas eu não vou escrever nada longo por aqui.

É mais fácil fazer uma lista mesmo:

1 - Após um ano do surgimento da idéia do Obama Digital e a gravação da primeira entrevista o projeto continua a repercutir

2 - Ao longo da produção do filme rolaram muitos estresses, mas o resultado final foi MUITO gratificante. Valeu cada madrugada varada, briga e ralação.

3 - No processo de divulgação conheci muitas pessoas incríveis e várias sementes para novos projetos foram plantadas. Isso não tem preço. É a roda da vida girando.

4 - Esse filme já chegou às mãos ou monitores (sim, fizemos distribuição de DVDs) de profissionais do trade ilustríssimos, os quais admiro muito.

5 - Ao longo do processo, algumas máscaras caíram. Foi extremamente positivo. Amadureci.

6 - Com muita satisfação aviso a vocês que eu @pedrosorren, @julima e @rovitulli vamos fazer um segundo filme. Essa é a parte mais bacana de tudo.

Por enquanto é só! Ao longo da semana, divulgarei mais detalhes sobre o novo filme que vamos fazer.

Let's Rock!


quarta-feira, 12 de maio de 2010

Obama Digital | English Subtitles | #obamadigital

Obama Digital | English Subtitles | #obamadigital from Obama Digital on Vimeo.


This is a video-documentary about the role that digital media had in the 2008 presidential election for the United States of America. It analyzes Barack Obama's digital strategy for his 2008 presidential campaign.

Our main goal was to comprehend the importance and influence that all digital media can have in a political campaign, considering the innovations and availabilities of resource that the digital media has reached and the capabilities of technological tools.

The video-documentary displays the Internet as a new space of representation and a politic battlefield to mobilize coreligionists, to present government proposals, to collect funds for the campaign and to promote the ap-proach between candidate and voters.

Now we can =)

I (@pedrosorren) personally apologize for the fact that all the GCs from the video are in portuguese. Unfortunately by the time I decided to subtitle the video in English I had to use my hard disk for other films.

Here you can find more information about who was interviewed in to movie.

In order of appearance:

Antonio Graeff - CEO of Brancaleone (Digital Communication Agency) and author of this book, about digital elections. goo.gl/iULR

Eduardo Barella - Editor of international News From O Estado de S. Paulo Newspaper goo.gl/ItRd

Rodrigo Teixeira - Web Strategist at Talk Interactive. Responsible for the Kassab (mayor of São Paulo) digital campaign goo.gl/o5c0

Pedro Dória - Editor-in-chief for online operations and the Technology Columnist at O Estado de S. Paulo, one of Brazil's major newspapers. Also a Knight Fellow at Stanford University. goo.gl/ELVV

Juliano Spyer @jasper - Web Strategist. Responsible for the digital campaign for Gilberto Kassab (current mayor of São Paulo) and Marina Silva, candidate for the presidential election in Brazil, for the 2010 election.
goo.gl/11e7

Mário Alcântara - Digital Coordinator for the José Socrates 2010 (Prime Minister of Portugal) reelection campaign. Worked directly with fellows from Blue State Digital, such as Ben Self
goo.gl/Ciap

Rosana Herman - Tv Producer and one of the first brazilians to start a blog. Community leader and Web 2.0 enthusiastic. Has been a Tv professional for the past 25 years. - @rosana

Ben Self -Blue State Digital partner and the responsible coordinator for Obama's (2008) Digital Strategy.
goo.gl/PyOr

Cláudio Torres - Digital Marketing Consultant - Author of the Digital Marketing Bible -
goo.gl/XxSo

Sérgio Amadeu - Brazilian Sociologist and Main Leader of the Open Source Community in Brazil -
goo.gl/Cn2b

Gil Giardelli - CEO of Permission Adnetwork and Venture Capitalist at GV Venture. goo.gl/kEkh

Luiz Gonzales - Lua Branca (advertising agency) CEO and responsible for all (offline and online) strategy for José Serra's presidential campaign (2006 and 2010) goo.gl/Kb8D


Credits:

Directed by - Pedro Sorrentino (@pedrosorren) and Rodrigo Vitulli (@rovitulli)

Edited by - Jorge Mendes, Pedro Sorrentino and Rodrigo Vitulli

Screenplay by - Pedro Sorrentino, Rodrigo Vitulli, Vinicius Viana

Research by - Pedro Sorrentino, Rodrigo Vitulli, Vinicius Viana, Julia Reina

Under the tuition of - Master's Carlos Sandano (Mackenzie Presbiterian University)

Support - Mackenzie Television Center, Bebop Production and Mirabilis Video.

Compartilhe com a sua rede

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores